Governo alemão restringe Finder por ser “nocivo”

Photobucket

O 1º volume do mangá Finder de Ayano Yamane foi ‘indexado’ pelo Governo alemão. Quando um conteúdo é indexado significa que a publicação será restrita para menores, além disso se proíbe a publicidade por meios de comunicação, por exemplo, nenhum seguidor alemão da série pode fazer publicidade da mesma por blogs ou páginas web.

Esta restrição se leva a cabo por consulta de 12 representantes, 8 de diferentes organizações sociais, entre artísticas, literárias, de entretenimento, religiosas, 3 representantes mais do estado federal, ademais do presidente do BPjM (Federal Department for Media Harmful to Young Persons), onde se revisam os produtos que poderiam ser ‘nocivos’ para a juventude e pela maioria decidem se é ‘indexado’. Sua venda é restrita, além de proibir sua difusão por meios de comunicação, multando quem não cumpra com dita resolução.

Tokyopop Alemanha é o encarregado de publicar dita obra naquele país, e se viram obrigados a retirar seu link sobre o primeiro volume, embora a página de apresentação e os links para o resto permanece intacta.

Acham que o problema que fez com que começasse essa restrição foi que o mangá, apesar de estar marcado para mayores de 18, era vendido para menores sem nenhum problema, já que na Alemanha não é necessário nem obrigatório apresentar identidade a não ser que um produto esteja listado como indexado, assim que se poderia dizer que a restrição é ‘voluntária’.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: